Sobre os cursos

INFORMAÇÕES SOBRE OS CURSOS

A ARQ-SP oferece cursos nas seguintes categorias: Jornadas, Oficinas e Cursos Especiais.

 

JORNADAS DE ATUALIZAÇÃO PROFISSIONAL (JAPs)

As Jornadas de Atualização Profissional (JAPs) consistem em minicursos que abordam temas de interesse de administradores, arquivistas, bibliotecários, documentalistas, historiadores, museólogos e outros profissionais. Coordenadas por Ana Célia Navarro de Andrade, pretendem atingir um público amplo, já que têm como foco assuntos que, não sendo específicos da área arquivística, são importantes para o desempenho de profissionais que lidam com documentos, quaisquer que sejam seus aspectos formais e de conteúdo.

Em 2002, a Associação de Arquivistas de São Paulo iniciou as JAPs em parceria com o Departamento de História da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo.

Em 2006 as Jornadas foram retomadas para tratar especificamente de textos legais cujas disposições têm afetado, de maneira controvertida ou polêmica, as instituições de custódia e os profissionais que trabalham com gestão de documentos e com patrimônio histórico e cultural, em parceria com o Instituto Fernando Henrique Cardoso.

Em 2008, as JAPs retomam a abordagem de temas de interesse de arquivistas, bibliotecários, documentalistas, historiadores, museólogos e outros profissionais, para as quais, a ARQ-SP firmou parceria com o Centro Cultural São Paulo da Secretaria Municipal de Cultura / Prefeitura do Município de São Paulo.

JORNADAS JÁ MINISTRADAS:

Sob a coordenação de Ana Célia Navarro de Andrade (a partir de 2002), já foram realizadas as seguintes Jornadas de Atualização Profissional:

DATA CURSO DOCENTES
2008 Memória, Preservação e Representações do Passado Marly Rodrigues
2008 PDF/A: O formato ISO para arquivamento de longo prazo Luiz Augusto Bellusci Cavalcante
2006 Texto, imagem e direitos autorais Sônia Maria D’Elboux
2006 A proteção ao patrimônio cultural e a responsabilidade do Estado Adilson Paulo Prudente do Amaral Filho
2006 Arquivos sigilosos e direito à verdade Marlon Alberto Weichert
2006 O tombamento como instrumento jurídico de proteção de bens culturais Marly Rodrigues
2006 As instituições de custódia de documentos e o estatuto de seus profissionais Viviane Tessitore
2006 Digitalização de documentos e preservação de imagens digitais Alex Ricardo Brasil
2002 Redação de atos oficiais Carminda Nogueira de Castro Ferreira
2002 Tecnologias para gerenciamento e preservação de documentos: gerenciamento eletrônico de documentos – GED e microfilmagem para preservação de documentos Célia Regina Cabrino e Ana Célia Navarro de Andrade
2002 Elaboração de trabalhos acadêmicos: utilização de normas ABNT Rosa Corrêa
2002 Patrimônio documental e história institucional Silvana Goulart
2002 Administração de conflitos em instituições de custódia de documentos Helena Corrêa Machado

Para localizar cursos disponíveis desta categoria, efetue pesquisa modificando a opção “Tipo” para Jornadas.


OFICINAS COMO FAZER

O Projeto Como Fazer foi criado em 1996 pela Comissão de Cursos do extinto Núcleo Regional de São Paulo da Associação Brasileira de Arquivologia (AAB-SP), então constituído por Viviane Tessitore (coordenadora), Ana Célia Navarro de Andrade, Maria Angélica Campos Resende e Simone Silva Fernandes.

O projeto se tornou uma das iniciativas de maior repercussão da Associação, fruto de parcerias com o Arquivo do Estado de São Paulo (1996 até 2006), com o Centro Cultural São Paulo (2007), com o Centro Paula Souza – Escola Técnica Estadual Parque da Juventude (2008) e com o Departamento de História da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo (a partir de 2009). Trata-se de um conjunto de oficinas de trabalho que abordam temas específicos em profundidade, tanto em seu aspecto teórico quanto metodológico e operacional, capacitando o aluno a planejar e realizar as atividades típicas do assunto em foco. Seu propósito é o aperfeiçoamento técnico de profissionais que já atuam em arquivos ou instituições afins e que possuam, no mínimo, nível médio completo.

OFICINAS JÁ MINISTRADAS:

Sob a coordenação de Ieda Pimenta Bernardes (1998 até 2006) e de Ana Célia Navarro de Andrade (a partir de 2007), já foram realizadas as seguintes oficinas, todas com expressivo número de participantes:

DATA CURSO DOCENTES
2009 Como acondicionar fotografias convencionais e digitais Millard Schisler
2009 Como conservar filmes e vídeos, Maria Fernanda Curado Coelho
2009 Como digitalizar documentos de arquivo Alex Ricardo Brasil
2009 Como elaborar guias de arquivo Viviane Tessitore
2009 Como fazer a organização de centros de memória nas escolas Iomar Zaia Barbosa
2009 Como fazer microfilmagem de documentos de arquivo Ana Célia Navarro de Andrade
2009 Como organizar arquivos empresariais Marcia Cristina de Carvalho Pazin
2009 Concepção, desenho e administração de bancos de dados para arquivos e centros de documentação Gabriel Moore Forell Bevilacqua
2009 O controle de vocabulário nos instrumentos de gestão arquivística: uma aplicação a planos de classificação e a tabelas de temporalidade dos documentos, Johanna Wilhelmina Smit
2008 Como acondicionar fotografias convencionais e digitais Millard Schisler
2008 Como digitalizar documentos de arquivo Alex Ricardo Brasil
2008 Como elaborar guias de arquivo Viviane Tessitore
2008 Como fazer gerenciamento eletrônico de documentos Maria Rosângela da Cunha
2008 Como fazer leitura e transcrição de documentos dos séculos XVI ao XIX Maria Cecília Jurado de Andrade
2008 Como fazer projetos e organizar arquivos de história oral Yara Aun Khoury e Simone Silva Fernandes
2007 Como desenvolver política de ação cultural e educativa em arquivos Heloísa Liberalli Bellotto
2007 Como digitalizar documentos de arquivo Alex Ricardo Brasil
2007 Como elaborar plano de classificação e tabela de temporalidade Ieda Pimenta Bernardes e Hilda Delatorre
2007 Como fazer gestão do conhecimento a partir do arquivo Valéria Martin Valls
2007 Como fazer projetos e organizar arquivos de história oral Yara Aun Khoury e Simone Silva Fernandes
2007 Como implantar centros de documentação Viviane Tessitore
2007 Como organizar arquivos empresariais Marcia Cristina de Carvalho Pazin
2007 Como organizar o arquivo enquanto sistema de informação Johanna Wilhelmina Smit
2006 Como acondicionar e armazenar documentos de arquivo Maria Aparecida Remédio
2006 Como fazer conservação preventiva em arquivos e bibliotecas Norma Cianflone Cassares
2006 Como fazer microfilmagem de documentos de arquivo Ana Célia Navarro de Andrade
2006 Como fazer preservação de documentos digitais Humberto Celeste Innarelli
2006 Como fazer tratamento de fotografias Patrícia De Filippi, Solange Ferraz de Lima e Vânia Carneiro de Carvalho
2006 Como organizar documentos de arquivo Janice Gonçalves
2005 Como elaborar projetos de memória institucional Silvana Goulart
2005 Como fazer gestão de qualidade institucional a partir do arquivo Valéria Martin Valls
2005 Como organizar arquivos correntes Marilena Leite Paes
2005 Como organizar arquivos empresariais Marcia Cristina de Carvalho Pazin
2005 Como organizar arquivos fotográficos Johanna Wilhelmina Smit e Cássia Denise Gonçalves
2005 Como organizar o arquivo enquanto sistema de informação Johanna Wilhelmina Smit
2004 Como construir ou reformar espaços para abrigar e conservar documentos de arquivo Alfredo Luiz Porto de Britto
2004 Como fazer conservação preventiva em arquivos e bibliotecas Norma Cianflone Cassares e Priscila Zione Ferretti
2004 Como fazer gerenciamento eletrônico de documentos de arquivo Vanderlei Batista dos Santos
2004 Como fazer microfilmagem de documentos de arquivo Ana Célia Navarro de Andrade
2004 Como organizar arquivos empresariais Marcia Cristina de Carvalho Pazin
2004 Como organizar documentos de arquivo Janice Gonçalves
2004 Como organizar exposições com documentos de arquivo Antonio Carlos Abdalla
2004 Como preservar e organizar discos, fitas e filmes Clóvis Molinari Jr.
2003 Como acondicionar e armazenar documentos de arquivo Maria Aparecida Remédio
2003 Como analisar aspectos jurídicos e diplomáticos de documentos eletrônicos José Augusto Guimarães, Lúcia Maria Barbosa do Nascimento e Mário Furlaneto Neto
2003 Como construir vocabulários controlados para aplicação em arquivos Johanna Wilhelmina Smit e Nair Yumiko Kobashi
2003 Como fazer avaliação de documentos de arquivo Ieda Pimenta Bernardes
2003 Como fazer gestão arquivística de documentos eletrônicos Rosely Curi Rondinelli
2003 Como fazer gestão de qualidade em arquivos Valter Beraldo
2003 Como organizar arquivos correntes Marilena Leite Paes
2003 Como organizar arquivos pessoais Ana Maria de Almeida Camargo e Silvana Goulart
2002 Como elaborar e gerenciar projetos arquivísticos Ieda Pimenta Bernardes
2002 Como fazer classificação e ordenação de documentos de arquivo Janice Gonçalves
2002 Como fazer conservação preventiva em arquivos e bibliotecas Norma Cianflone Cassares e Cláudia Moi
2002 Como fazer leitura e transcrição de documentos dos séculos XVI ao XIX Yêdda Dias Lima
2002 Como organizar animação cultural e ação educativa em arquivos Heloísa Liberalli Bellotto
2002 Como organizar arquivos públicos municipais (planos de classificação e tabelas de temporalidade) Daíse Apparecida Oliveira
2002 Como preservar e organizar discos, fitas e filmes Clóvis Molinari Jr.
2002 Como utilizar a informática nas atividades de gestão documental André Porto Ancona Lopez
2001 Como aplicar o método funcional na organização de arquivos municipais Daíse Apparecida Oliveira
2001 Como classificar e ordenar documentos de arquivo Janice Gonçalves
2001 Como construir vocabulários controlados para aplicação em arquivos Johanna Wilhelmina Smit e Nair Yumiko Kobashi
2001 Como fazer avaliação de documentos de arquivo Manuel Vázquez
2001 Como fazer conservação preventiva em arquivos e bibliotecas Norma Cianflone Cassares e Cláudia Moi
2001 Como implantar centros de documentação Viviane Tessitore
2001 Como organizar arquivos pessoais Priscila Moraes Varella Fraiz e Célia Maria Leite Costa
2001 Como racionalizar e otimizar sistemas de arquivo Valter Beraldo
2000 Como elaborar instrumentos de pesquisa André Porto Ancona Lopez
2000 Como elaborar projetos de informatização de arquivos permanentes Rita de Cássia Martinez Lo Schiavo
2000 Como fazer análise diplomática e análise tipológica de documentos de arquivo Heloísa Liberalli Bellotto
2000 Como fazer avaliação de documentos de arquivo Ieda Pimenta Bernardes
2000 Como fazer leitura e transcrição de documentos dos séculos XVI ao XIX Yêdda Dias Lima
2000 Como fazer programas de reprodução de documentos de arquivo Esther Caldas Bertolletti
2000 Como fazer tratamento de fotografias Patrícia De Filippi, Solange Ferraz de Lima e Vânia Carneiro de Carvalho
2000 Como implantar arquivos municipais Helena Corrêa Machado e Ana Maria de Almeida Camargo
1999 Como classificar e ordenar documentos de arquivo Janice Gonçalves
1999 Como fazer avaliação de documentos de arquivo Ieda Pimenta Bernardes
1999 Como fazer conservação preventiva em arquivos e bibliotecas Norma Cianflone Cassares e Cláudia Moi
1999 Como implantar arquivos municipais Helena Corrêa Machado e Ana Maria de Almeida Camargo

Para localizar cursos disponíveis desta categoria, efetue pesquisa modificando a opção “Tipo” para Oficinas.


CURSOS ESPECIAIS

Ao longo de seus mais de onze anos de atuação, a ARQ-SP vem promovendo diversas modalidades de cursos, sempre visando contribuir para o desenvolvimento técnico e científico da Arquivologia e para o aprimoramento dos profissionais da área.

Documentos & Documentos

O projeto Documentos & Documentos, feito em parceria com o Curso de Pós-Graduação em História Social da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo, são seminários de revisão e atualização bibliográfica na área arquivística, cujo objetivo é discutir, à luz de textos de natureza teórica e metodológica, questões de interesse para os profissionais que atuam em arquivos e instituições congêneres. Destina-se também aos pesquisadores que, em diferentes disciplinas, se dispõem a fazer uma reflexão crítica sobre o estatuto do documento de arquivo. O programa é semestral, envolvendo a leitura de material recentemente publicado em periódicos estrangeiros e, por isso mesmo, pouco acessível à comunidade arquivística nacional.
SEMINÁRIOS JÁ MINISTRADOS:

Com a perspectiva de propiciar aos participantes a oportunidade de estudos avançados em teoria arquivística, os seminários, sob a coordenação de Ana Maria de Almeida Camargo, focalizaram temas diversos:

DATA TEMA
2008 O historiador e suas fontes
2005 O historiador e suas fontes
2003 Documentos e arquivos
2002 O historiador e suas fontes
2000 Conceito de documento de arquivo
1999 Avaliação

Cursos de difusão cultural

Em parceria com o Centro de Memória e Museu Histórico da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto – Universidade de São Paulo, a Associação realizou o I Curso de Difusão Cultural em Arquivos e Museus, de agosto de 2004 a junho de 2005, com carga total de 160 horas. Dividido em dez módulos, o curso foi ministrado em Ribeirão Preto por professores selecionados pela ARQ-SP.

Outras parcerias foram firmadas entre a ARQ-SP e entidades situadas fora da capital, para fins de difusão de nossas oficinas, entre as quais, o Centro de Formação Profissional da Universidade Estadual de Campinas, em 2003 e 2004; a Prefeitura do Campus Administrativo e a Comissão de Cultura e Extensão da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (Ribeirão Preto), por intermédio dos Departamentos de Física e Matemática e de Ciências da Informação e da Documentação da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras da mesma Universidade, em 2007 e 2008.

Curso de Segurança de Acervos Culturais

A questão da segurança é cada vez mais emergente, sobretudo no que se refere a bens culturais. Este curso ressalta a importância de medidas preventivas, avaliações de risco e treinamento específico quanto à segurança do patrimônio cultural.

Promovido pelo Museu de Astronomia e Ciências Afins do Ministério da Ciência e da Tecnologia e realizado pela Associação de Arquivistas de São Paulo, em parceria com instituições preocupadas com a temática, o curso parte da premissa de que a segurança de um bem cultural envolve aspectos multidisciplinares, e está estruturado em módulos que visam introduzir os princípios que fundamentam uma política de segurança para o acervo a ser preservado.

CURSOS JÁ MINISTRADOS:

DATA PARCERIA LOCAL
2009 Pinacoteca do Estado de São Paulo Estação Pinacoteca
2008 Departamento de História da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo. Prédio do Departamento de História, FFLCH/USP

Para localizar cursos disponíveis desta categoria, efetue pesquisa modificando a opção “Tipo” para Cursos Especiais.

  • Associação de Arquivistas de São Paulo
    ARQ-SP
  • Av. Prof. Lineu Prestes, 338 - Térreo Sala N
    CEP: 05508-000 - São Paulo - SP
  • Telefone / Fax: (11) 3091-3795
    Email: contato@arqsp.org.br