Arquivos pessoais são tema de encontro na UFMG

Nos próximos dias 6 e 7 de novembro, acontece em Belo Horizonte o Encontro “Universidade e arquivos pessoais: custódia, preservação, difusão”, organizado por professores dos cursos de Arquivologia e Museologia da Universidade Federal de Minas Gerais.

A programação conta com conferência de abertura proferida pela Profa. Dra. Ana Maria de Almeida Camargo, da Universidade de São Paulo. No dia 6, palestram também Fernando Mencarelli, professor da Escola de Belas Artes, e Diná Araújo, diretora da Divisão de Coleções Especiais da Biblioteca Universitária da UFMG. No dia 7, a Profa. Dra. Elizabeth Ribeiro Azevedo, da USP, falará sobre a experiência do Centro de Documentação Teatral da Universidade de São Paulo e os professores Marta Melgaço, Verona Segantini e José Francisco G. Campos apresentarão o relato da experiência realizada com o arquivo do teatrólogo João das Neves, desenvolvida com alunos da Escola de Ciência da Informação da UFMG.

O evento é gratuito e as inscrições poderão ser feitas no local do evento. Será conferido certificado aos participantes.

Universidade e arquivos pessoais: custódia, preservação, difusão

Quando? 6 e 7 de novembro de 2018, das 19:00 às 22:00

Onde? Auditório da Escola de Belas Artes da UFMG (Av. Antônio Carlos, 6627, Pampulha, Belo Horizonte) 

III SIMPÓSIO ARQUIVOS & EDUCAÇÃO

Local: IEB – USP – São Paulo, SP
Data: 08 e 09 de novembro de 2018, das 09:00 às 19:00 horas

 

O tema do III Simpósio Arquivos & Educação convida à reflexão sobre as dinâmicas da lembrança e do esquecimento, da constituição histórica e social dos sujeitos, na produção de conhecimentos relativos aos acervos documentais. Busca, mais uma vez, dar visibilidade a experiências e pesquisas que interrogam e tensionam concepções de produção acadêmica que separam de forma instrumental as abordagens racionais do conhecimento das reflexões sensíveis, agora focalizando os entrelaçamentos entre a pesquisa de acervos arquivísticos e a emergência e significação de memórias sensíveis, sua circulação social, suas expressões e desdobramentos nas práticas educacionais, escolares e extraescolares.

Voltando o nosso olhar para as práticas de memória contemporâneas que tomam os documentos de arquivo como meio e suporte para suas reflexões, bem como para as práticas educativas que se apoiam em uma perspectiva racional sensível de produção de conhecimento, perguntamo-nos  como as experiências e pesquisas que envolvem os arquivos e a educação podem contribuir para a criação de outras possibilidades de abordagem da documentação arquivística no universo do ensino formal e não formal, nos serviços educativos dos arquivos, nas escolas, nas mídias e em outros espaços de produção e circulação de conhecimento dos quais os arquivos participam.

O tema do Simpósio convoca, mais uma vez, ao diálogo aberto e transdisciplinar. Convidamos a todos interessados em Educação e Arquivos a participarem desse encontro, trazendo suas experiências e reflexões sobre essa e outras temáticas provocadas pela aproximação entre os arquivos e a educação, em múltiplos espaços e perspectivas.

Evento gratuito.

Curso Memórias Seletivas: Arquivos, banco de dados e dispositivos

NOVAS DATAS!!!

Trata-se de um curso ministrado pela artista e pesquisadora Jane de Almeida, professora no programa de Mestrado e Doutorado em Educação, Arte e História da Cultura da Universidade Mackenzie e do curso de Comunicação e Multimeios da PUC-SP. Serão quatro encontros voltados para as questões sobre arquivos fílmicos, filmes de arquivo e a produção audiovisual recente baseada em bancos de dados, a partir de uma análise da produção do artista Rafael França.

Link do evento no Facebook: https://www.facebook.com/events/2170263856627645/

Inscrições são até o dia 25/11. 

Convite_Palestra_Outubro

[Palestra] Arquivo Comitê de Defesa dos Direitos Humanos para os Países do Cone Sul: Preservação para acesso e pesquisa

O Arquivo Geral da USP e a ARQ-SP convidam

Palestras do Arquivo Geral da USP

ARQUIVO COMITÊ DE DEFESA DOS DIREITOS HUMANOS PARA OS PAÍSES DO CONE SUL: PRESERVAÇÃO PARA ACESSO E PESQUISA

com Ana Célia Navarro de Andrade

Criado no final dos anos 1970, o Comitê de Defesa dos Direitos Humanos para os Países do Cone Sul (Clamor) firmou sério compromisso com seu slogan “Solidariedade não tem fronteiras”, o qual, nos dizeres de Charles Harper, “influenciou de forma precisa nas estratégias adotadas pelo Conselho Mundial de Igrejas como resposta às urgentes necessidades de respeito aos direitos humanos na região” (Harper, 2007). Esse compromisso pode ser facilmente comprovado em uma rápida consulta a seu arquivo, recolhido ao acervo do Centro de Documentação e Informação Científica, CEDIC/PUC-SP, nos anos de 1993 e 1999. Desde então, diversos projetos vêm sendo realizados para a identificação, organização, descrição e digitalização dos documentos do Fundo Clamor com vistas à sua preservação e, num futuro bem próximo, à disponibilização de sua versão digital para consulta online. Neste sentido, a palestra pretende apresentar pequeno histórico da trajetória do Comitê na defesa dos Direitos Humanos, enfatizando seu grande potencial para pesquisa, e relatar as ações até então desenvolvidas com vistas à preservação dos documentos originais e à disponibilização de seu acervo digital para acesso online

Sobre a palestrante: Graduada e licenciada em História (1987), mestre em Ciências/História Social (2000) e doutoranda em História Social, pela Universidade de São Paulo. Desde 1992 ocupa o cargo de Historiógrafa no Centro de Documentação e Informação Científica, (CEDIC/PUC-SP), onde é responsável pelo setor de Conservação e Reprografia. Docente, desde 1997, do curso de extensão cultural “Introdução à Política e ao Tratamento dos Arquivos” (CEDIC/PUC-SP)  e do curso de pós-graduação em Gestão de Arquivos e Bibliotecas Escolares (UNIFAI) desde 2016. Tem ministrado cursos e palestras sobre reprografia de preservação, conservação de acervos, implantação de centros de documentação e gestão documental em várias cidades do Brasil. Atualmente, exerce o cargo de presidente da Associação de Arquivistas de São Paulo em sua quarta gestão consecutiva, tendo coordenado a comissão de cursos da Associação de 2007 a 2014. É membro do Conselho Consultivo do Projeto Memórias Reveladas/Arquivo Nacional, do Conselho Consultivo do Arquivo Histórico de São Paulo e do Comitê Científico Internacional da revista Fuentes (Bolívia). Tem organizado e participado de congressos, encontros e seminários, nacionais e internacionais, apresentando trabalhos sobre sua área de atuação, incluindo projetos sobre organização de acervos de Direitos Humanos no período das Ditaduras Civil-Militares no Cone Sul. Possui diversos trabalhos publicados.

Quando? 30 de outubro de 2018, às 14 horas

Onde? Arquivo Geral da USP. Rua Francisco dos Santos, 107, Cidade Universitária, São Paulo – SP. (Travessa da Av. Prof. Lineu Prestes, altura do Instituto de Ciências Biomédicas ICB-4). Veja o mapa.

Quanto? Grátis!

Clique aqui para fazer a sua inscrição

Atenção! Esta é uma atividade gratuita e as vagas são limitadas. Faça a sua inscrição apenas se tiver real interesse em participar. Caso tenha se inscrito e não puder comparecer, comunique a desistência com antecedência (cursos@arqsp.org.br), assim a vaga será cedida a outro participante 😉  

  • Associação de Arquivistas de São Paulo
    ARQ-SP
  • Av. Prof. Lineu Prestes, 338 - Térreo Sala N
    CEP: 05508-000 - São Paulo - SP
  • Telefone / Fax: (11) 3091-3795
    Email: secretaria@arqsp.org.br